Publicado em 16 comentários

Bromoprida: Saiba o que é, para que serve e cuidados ao tomar!

bromoprida

Você já ouviu falar da Bromoprida? Bom.. uso de medicamentos sem a orientação médica é um dos grandes problemas hoje no Brasil, causando diversos casos de intoxicação. É sempre importante se buscar informações adequadas sobre cada medicamento e também se realizar uma avaliação juntamente ao médico responsável para se fazer corretamente o diagnóstico do problema.
Veja, neste artigo, o que é a Bromoprida, como usar este medicamento e quais os cuidados que você deve tomar com o uso do mesmo. Vamos lá?

Onde comprar a Bromoprida? Qual é o preço?

Você encontra esse medicamento das farmácias de todo Brasil, porém, se você preferir, também pode comprá-lo online. Nesse caso, recomendamos duas farmácias que praticam os melhores preços, a Drograria Araújo e Drograria Onofre.
Clique nos botões a seguir para verificar qual é o preço praticado em cada uma delas e qual é o valor do frete para a sua cidade.
Dependendo de onde você mora, a entrega acontece até mesmo em algumas horas, através de motoboy.

O que é a Bromoprida? Para que serve?

A Bromoprida é uma substância encontrada no medicamento conhecido como Digesan, tanto na sua versão oral quanto injetável, que atua no estômago, no duodeno e no jejuno, aumentando os movimentos peristálticos e o tônus, caso estes estejam alterados, provocando o esvaziamento gástrico.
Ele é indicado para o tratamento e alívio de diversos problemas, tais como os distúrbios da motilidade gastrointestinal, o refluxo gastroesofágico, os vômitos e as náuseas, as cólicas, os espasmos, entre outros.
A Bromoprida também é um medicamento bastante utilizado na área pediátrica, principalmente para tratamento nos casos de gastrenterites agudas.
bromoprida imagem

Como usar esse medicamento e quais os cuidados a se tomar?

A indicação do uso da Bromoprida é de 1 cápsula (de 10 mg) a cada 12h ou a cada 8h, no caso de adultos, conforme a recomendação e orientação médica. Não se deve exceder a dose máxima de 60 mg por dia.
No caso da Bromoprida como solução oral, recomenda-se o uso de 1 a 2 gotas por quilo de peso corporal do paciente, três vezes ao dia.
Considera-se que 24 gotas correspondam a 1 mL de medicamento.
A ação da Bromoprida se inicia de 1 a 2 horas após a administração por via oral.

Bromoprida dá sono? Pode ser usado por bebês e crianças?

Sim! Esse é um dos efeitos colaterais da Bromoprida e ela pode causar uma sensação de sonolência. Por isso, não é recomendado tomar quando você tiver que fazer atividades que exigem concentração, como por exemplo dirigir e operar máquinas.
Ele pode sim ser usado por crianças, porém, é preciso muita cautela ao oferecer um medicamento para um bebê ou uma criança, já que eles são muito sensíveis a diversas substâncias.
Por esse motivo, você só deve dar a bromoprida ao seu filho caso seja recomendado e assistido por um médico.

Efeitos colaterais e Contraindicações

Algumas reações adversas foram identificadas em grupos controlados com o uso da Bromoprida, tais como a presença de sintomas como a inquietação, a sonolência, a fadiga, sendo estes identificados em, aproximadamente, 10% dos pacientes avaliados. A maioria dos casos ocorre nas primeiras 72 horas de uso do medicamento, mas pode também ocorrer após vários dias de uso.
Com menor frequência, foram detectados sintomas de:

  •  insônia
  • cefaleia
  • tontura
  • náuseas
  • presença de contrações
  • espasmos musculares
  • fraqueza
  • erupções cutâneas, incluindo a urticária,
  • distúrbios intestinais.

No caso de aparecimento de alguns destes ou de quaisquer outros sintomas com o uso da Bromoprida, procure imediatamente a orientação médica.
O uso prolongado da Bromoprida pode ocasionar também a hiperprolactinemia e, como consequência, causar diversos outros problemas, tais como a ginecomastia, a galactorreia, a amenorreia e até a impotência.
Vale ressaltar que todo uso de medicamento deve ser prescrito pelo profissional da área médica apropriado. Não faça uso de remédios sem a orientação do médico.
Mulheres grávidas ou em período de amamentação não devem utilizar este tipo de medicamento, já que a Bromoprida pode ser excretada pelo leite materno, podendo causar problemas ao bebê.
Pessoas com outros problemas como a insuficiência renal, pacientes diabéticos,  hipertensos ou com qualquer outra doença que tenha influência com o uso da Bromoprida, não devem utilizar o medicamento sem a orientação prévia de um profissional da saúde.

VENCENDO A AZIA! – Cure a azia, refluxo e gastrite em menos de 30 dias!

vencendo a azia imagem
No texto acima você pôde ver um medicamento utilizado principalmente para tratamento de problemas da motilidade gastrointestinal, como por exemplo, refluxo gastroesofágico, os vômitos, as náuseas, as cólicas, entre outros.
No entanto, remédios de fato proporcionam efeitos colaterais, pois de certa forma agridem o organismo para que aquele problema seja solucionado.
Mas eu tenho uma boa notícia para você, chegou no Brasil um e-book, que te proporcionará os mesmos benefícios de um medicamento, porém de forma saudável.
Isso mesmo o e-book Vencendo a Azia é um livro digital  que ensina um passo a passo para você curar de vez a azia, refluxo e gastrite. Isso tudo através da reeducação alimentar e a suplementação balanceada.
Fazendo com que você não precise recorrer à  remédios e tratamentos ineficazes que só vão agredir seu organismo.
Ao adquirir o seu e-book você receberá em seu e-mail o link de acesso, podendo acessar do seu celular, tablet ou computador, a hora que quiser, quando quiser. O e-book conta com 4 módulos incríveis:

  1. Entendendo e dominando o vencendo a azia
  2. Solução real para o vencendo a azia
  3. Resultados definitivos em 78 horas
  4. Tratamento simples, seguro e 100% natural

E além disso, você ainda ganha 3 bônus incríveis:

  1. Guia completo de como preparar qualquer remédio caseiro 100% natural 
  2. O guia definitivo de como controlar a síndrome de intestino irritável 
  3. Cardápio e dieta anti refluxo

CLIQUE AQUI para saber mais sobre o Vencendo a azia!

Onde posso comprar o E-book Vencendo a azia com segurança?

Para comprar esse e-book com segurança é muito fácil, e você não precisa sair de casa. Basta você acessar o site oficial http://vencendoaazia.com/, e realizar seu pagamento com toda praticidade e comodidade.
Lembrando que apenas no site oficial você vai encontrar o produto original, com vantagens exclusivas como garantia de entrega, descontos e promoções, garantia especial para compra sem riscos, compra segura e produto original, com qualidade testada.
Clique no botão abaixo para acessar rapidamente o site oficial, e realizar sua compra agora mesmo.

Benefícios do e-book

Abaixo listamos alguns dos benefícios desse e-book. Confira!

  • Eliminar refluxo, azia e gastrite
  • Noites de sono mais tranquila
  • Economizar em remédios
  • Ter de volta o prazer de se alimentar bem
  • Acaba com sofrimento dos efeitos colaterais
  • Suporte 24 horas para tirar dúvidas

Leia mais conteúdo no texto sobre Desodalina!
Você faz uso desse medicamento constantemente? Conte pra gente aqui nos comentários!

Publicado em Deixe um comentário

Remédios para dor muscular: Quais são os principais? Descubra!

Você sabia que existe remédios para dor muscular? As dores musculares são bastante comuns nos dias de hoje, em função de problemas relacionados a postura, a execução inadequada de exercícios físicos e também ao estresse que aumenta a tensão dos músculos provocando dores em diferentes locais. Os medicamentos utilizados para diminuir as dores musculares estão entre os mais procurados, pois muitas pessoas buscam por soluções rápidas para reduzir o desconforto físico.
Veja, neste artigo, o que são os remédios para dor muscular e quais são os principais atualmente no mercado. Vamos conferir?

Remédios para dor muscular: O que são?

As dores musculares podem ocorrer em apenas um músculo ou em mais de um deles, podendo envolver também os ligamentos, os tendões, os tecidos moles que conectam os músculos, entre outros. Estas dores podem ter diversas causas, muitas vezes ocorrem devido ao esforço físico excessivo ou também por outros problemas de saúde que gerem este tipo de dor.
Existem diversos tipos de medicamentos que são normalmente utilizados para a redução de dores musculares, entre eles os analgésicos e anti-inflamatórios, além dos relaxantes musculares. Apesar de todos eles ajudarem no alívio das dores, existem grandes diferenças entre estes grupos.
Veja, a seguir, quais os remédios para dor muscular e quais são os principais deles:

Remédios analgésicos

Os analgésicos são medicamentos que diminuem ou interrompem as vias de transmissão da dor. Dentro desta categoria estão incluídos os remédios anti-inflamatórios não-esteroides (AINE).
Os anti-inflamatórios não-esteroides estão entre os medicamentos mais prescritos e vendidos em todo o mundo, incluindo neste grupo um dos mais conhecidos: A aspirina (ácido acetilsalicílico).
Este grupo é indicado para o tratamento da inflamação, da dor e do edema, assim como também nos casos de distúrbios músculo-esqueléticos.
Dentro dos remédios analgésicos, além da aspirina, estão o paracetamol, a dipirona, entre outros.
remédios para dor muscular analgésicos

Remédios relaxantes musculares

Os relaxantes musculares são divididos em relaxantes de ação central, sendo seletivo no Sistema Nervoso Central, relaxantes com ação direta, atuando na musculatura, e os bloqueadores neuromusculares.
Eles atuam na prevenção dos espasmos musculares que ocorrem de forma involuntária, causando muita dor.
Os relaxantes musculares mais conhecidos do mercado são o metocarbamol, o ciclobenzaprina, o carisoprodol, o metaxalone e a fenilbutasona, disponíveis em forma de comprimidos, cápsulas ou líquidos.
Podem também ser encontrados produtos em forma de spray para aliviar as dores musculares.
O uso de medicamentos que reduzem a dor podem fazer com que os pacientes não busquem ajuda profissional, pois estes passam a não identificar os reais problemas causadores da dor, podendo inclusive, gerar um agravamento da saúde no médio e longo prazos.
Os remédios mais simples como os analgésicos, quando administrados em doses erradas, podem causar muitos efeitos colaterais, incluindo problemas de estômago e de rins, e alguns efeitos secundários como vertigens, cansaço, sonolência, alterações de humor, entre muitos outros.
Portanto, nunca faça uso de medicamentos por conta própria e, antes de utilizar um remédio para dor muscular, procure a orientação de um profissional da área da saúde, para que este possa fazer uma avaliação de forma adequada para receitar o remédio mais indicado para o seu caso.
remédios para dor muscular relaxante muscular

Onde posso comprar os remédios para dor muscular?

Para comprar com toda praticidade e na comodidade da sua casa qualquer um desses medicamentos, sendo eles tanto analgésicos como relaxante muscular, a melhor opção é em duas das melhores e maiores drogarias do Brasil, a Drogaria Onofre e a Araújo.  Ambas são drogarias reconhecidas em todo o Brasil, com um histórico de sucesso, por conta de seus produtos e serviços que satisfazem seus clientes.
Hoje em dia, ficou muito mais comum realizar qualquer tipo de compra online, devido a praticidade e comodidade que a internet oferece. No entanto, é sempre importante escolher plataformas digitais confiáveis, com páginas de vendas seguras, garantias e promoções, e tudo isso você encontra em ambas as drogarias.
Acabe AGORA MESMO com as dores musculares que tanto te incomodam, com apenas um clique você resolve seu problema de forma rápida e prática. Vamos experimentar?

Cartilax- Método NATURAL para acabar com as dores!

href="https://woo.com"
Por diversos motivos dores articulares e musculares, assim como maior sensibilidade, podem surgir em nosso corpo. Apesar de ser uma situação comum para maioria das pessoas, poucas delas tem o conhecimento sobre a importância de ser optar por alternativas naturais que não agridem o organismo, como ocorre com alguns efeitos colaterais de remédios.
Se você sofre com dores principalmente pela manhã, suas articulações estão inchadas e sensíveis ao toque, você está deixando de realizar alguma atividade de lazer por conta das dores, Cartilax é a melhor opção. Não deixe de experimentar!

Cartilax: O que é? Como ele pode me ajudar?

Catilax é uma alternativa natural para dores musculares e  nas articulações. É um produto que chegou no mercado com o objetivo único de aliviar dores e sensibilidades no corpo dando a ele o que ele precisa para reparar os danos. Cartilax é uma maneira natural, não invasiva que proporciona inúmeros benefícios para seu organismo.
Esse produto é composto de ingredientes totalmente naturais, como colágeno tipo 2, magnésio, fibra de maçã, óleo de coco, cuja combinação de todos eles fornece um poderoso alivio nas dores definitivamente, agindo em todas as causas.


Clique aqui para saber mais sobre o Cartilax!


Onde posso comprar esse produto? Qual é o preço?

Comprar o produto é muito fácil. Basta você acessar https://www.cartilaxuc2.com, escolher a oferta que mais combina com você e com suas necessidades e pronto, logo você receberá na sua casa com toda rapidez seu Cartilax. Só no site oficial você encontra vantagens imperdíveis, como um produto original, uma compra segura e sigilosa, preços que cabem no seu bolso e facilidades nas formas de pagamento. Incrível, não é?
Abaixo você pode conferir as ofertas, seus preços e todas as formas de pagamento. Não perca os descontos incríveis que só o site oficial, pode te oferecer.

Benefícios do Cartilax

Com CARTILAX você pode aproveitar os tantos benefícios que são..

  • Ajuda seu corpo a reparar articulações gastas e danificadas
  •  Fornece a lubrificação necessária para articulações rígidas, para que elas voltem a ter a mobilidade de antes
  • Acaba com a dor e a inflamação. Para que você possa passar o dia todo sem dores e desconforto.
  •  Melhorar a flexibilidade das articulações e a amplitude de movimento.
  • Alivio rápido de todos os sintomas que te incomodam.

Quer saber mais sobre o Cartilax clique aqui!

E ai gostou do texto Remédios para dor muscular? Que tal deixar um comentário? Iriamos adorar respondê-lo(a)!

Publicado em Deixe um comentário

Anfepramona emagrece? Saiba aqui tudo sobre esse medicamento!

Anfepramona várias cápsulas de remédio

Emagrecer e ter um corpo dos sonhos é o desejo de muita gente. Mas nem todo mundo pode ou quer se submeter a praticar exercícios físicos, devido ao processo mais lento e que exige mais esforço físico e dedicação. Por essa e outras razões, tem sido cada vez mais comum que as pessoas optem por medicamentos que auxiliem (ou prometem auxiliar) o processo de emagrecimento, seja de forma mais natural ou acelerada.  A Anfepramona é um remédio bastante conhecido e divulgado pelas pessoas que estão em busca de um emagrecimento rápido. Mas o que muitas pessoas desejam saber é: será que emagrece mesmo? Faz mal para a saúde? Como funciona?
Pensando nessas e em outras dúvidas, separamos algumas perguntas frequentes que te ajudarão a entender melhor esse remédio.

O que é Anfepramona?

A Dietilpropiona ou Cloridrato de Anfepramona (ou simplesmente Anfepramona) é uma substância que tem uma ação similar a Sibutramina, anoréxico com fórmula complexa e potente, presente em famosos remédios para emagrecer.  
A Anfepramona age diretamente nos núcleos hipotalâmicos, presentes no cérebro de quem a ingere, inibindo consideravelmente o apetite e contribuindo para que essas pessoas percam drasticamente a vontade de comer e, assim, emagreçam com mais facilidade.
mulher tomando cápsulas

Anfepramona emagrece mesmo?

Pela fórmula forte e complexa, existem resultados comprovados da eficiência do uso da Anfepramona como emagrecedor. A substância realmente inibe o apetite de forma considerável, o que contribui para um emagrecimento rápido.
Muitas pessoas aliam o uso desse medicamento a uma dieta balanceada e saudável, sem uso de comidas ricas em gorduras e carboidratos pobres, o que pode ajudar no emagrecimento mais acelerado.

Efeitos colaterais

Apesar dos remédios inibidores de apetite serem, na maioria das vezes, eficientes no processo de emagrecimento, é preciso se ter em emente que, quase sempre, esses medicamentos trazem efeitos colaterais para quem os ingere. As principais consequências de quem utiliza a Anfepramona são:

  • Aumento da pressão arterial
  • Insônia
  • Ansiedade
  • Boca seca
  • Taquicardia
  • Tremores
  • Sudorese
  • Descontrole intestinal
  • Dependência do remédio
  • Descontrole do funcionamento do metabolismo

Remédios que contem Anfepramona

Por ser uma substância extremamente potente, capaz de causar dependência e efeitos colaterais fortes, é comum que se encontre a Anfepramona diluída em outros medicamentos. Os remédios mais famosos, que possuem essa substância em suas fórmulas são: Dualid, Inibex e Hipofagin.
Anfepramona embalagens de dualid

Contraindicações

A Anfepramona é uma substância forte, por isso é preciso tomar alguns cuidados em seus usos e observar se o organismo possui condições para recebe-lo. Por possuir uma ação que atinge diretamente o sistema nervoso, além de uma fórmula que provoca uma série de efeitos colaterais, esse medicamento não é indicado para:

  • Pessoas com transtornos mentais
  • Pessoas com hipertensão
  • Pessoas com arteriosclerose
  • Pessoas com Hipersensibilidade
  • Pessoas que estejam tomando medicamentos com: Guanetidina, Clonídina e Metildopa.

Para que serve esse medicamento?

A Anfepramona é indicada para pessoas que possuem obesidade exógena ou sobrepeso patológico e que desejam emagrecer, sem a necessidade de uma dieta específica ou da prática de atividades físicas regulares.
Por possuir um efeito eficaz e, muitas vezes, acelerado, ela também é indicada para aqueles que desejam um resultado de emagrecimento rápido. Porém, em qualquer situação, é necessário que o remédio seja tomado com prescrição médica e acompanhado de um profissional qualificado.
Anfepramona embalagem de inibex

Anfepramona é liberado pela Anvisa?

Assim como as substâncias inibidoras de apetite mais famosas, como Femproporex e Mazindol, a Anfepramona não é liberada pela Anvisa, pois o órgão ainda não consegue ter o controle da qualidade e segurança da produção desse medicamento.
Porém, mesmo sem o selo, o medicamento continua sendo produzido e, no dia 26 de junho de 2017, a Câmara dos deputados aprovou o projeto lei que permite a produção e venda da Anfepramona como inibidora de apetite. Contudo, a Anvisa pediu o veto do projeto de lei junto ao Senado Federal.
Anfepramona embalagem de Hipofagin

É preciso o uso de receita para comprar? 

Por se tratar de um medicamento que causa uma série de efeitos colaterais graves à saúde que não possui aval da Anvisa, os médicos são indicados a não  prescreverem Anfepramona em sua composição.
Porém, existem profissionais que continuam a indicar essa substância para seus pacientes. Existem alguns estabelecimentos e até mesmo pessoas físicas que vendem a substância sem a exigência de receita.
Pesquisando sobre remédios para emagrecer? Talvez tenha interesse em ler também  Remédios para emagrecer, Franol e Besomed.
 

Publicado em 1 comentário

Emagrecer sem remédio: Dicas para alcançar o peso que deseja!

Emagrecer sem remédio

A preocupação com peso tem se tornado cada vez mais comum. E por causa disso vários remédios para emagrecer tem sido criados. Nas prateleiras não falta opção! Mas existem aquelas pessoas que querem emagrecer de forma saudável, sem ter que se submeter a uso de medicamentos ou similares. Felizmente, existem outras formas para chegar ao corpo que você sempre quis e emagrecer sem remédio. Nesse texto reunimos várias dicas para você alcançar o peso que deseja sem prejudicar a sua saúde, com receitas simples e rápidas, suplementos naturais e alimentos saudáveis e gostosos pra você perder peso sem precisar passar fome ou gastar muito dinheiro. Veja aqui como emagrecer sem remédio!

Emagrecer sem remédio: Dicas

Existem várias opções para você que quer emagrecer de forma saudável sem ter que recorrer aos medicamentos. Claro que é bom lembrar que em todos os casos, é necessária muita dedicação e persistência para se atingir o objetivo desejado. Praticar alguma atividade física, mesmo que leve, e seguir uma dieta equilibrada é sempre necessário. Confira algumas opções para quem quer emagrecer sem remédio.

Substitutos de refeição

Alguns suplementos alimentares em forma de shake podem substituir uma refeição porque são alimentos completos, ricos em proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais que o corpo precisa. Além disso, eles contém uma quantidade pequena de calorias. Lembrando que é sempre importante seguir as instruções de consumo do produto.
Emagrecer sem remédio

Suplementos para emagrecer

Para quem não quer se submeter ao uso de remédios, os suplementos emagrecedores naturais são um ótima opção. Geralmente eles são feitos apenas de ingredientes naturais e não causam nenhum efeito colateral. Muitos tem apresentando bastante resultados positivos e um deles vem fazendo muito sucesso, o SSX ou como já foi conhecido Super Slim X.

SSX ou Super Slim X

SSX é, como informado, um suplemento natural vendido através de cápsulas. Ele possui ação emagrecedora e sua fórmula exclusiva é a base de ingredientes Detox selecionados e utilizados na medida certa para te fazer emagrecer. Ele age queimando gordura, promovendo a desintoxicação do corpo, reduzindo o inchaço. Este suplemento natural poderoso é vendido através do seu Site Oficial. Para saber mais sobre ele basta CLICAR AQUI!
Emagrecer sem remédio

Dieta equilibrada e exercícios físicos

Perder peso é difícil, mas não é impossível. Se você quer emagrecer sem remédio, precisa ter uma dieta equilibrada e incluir exercícios físicos na sua rotina diária. Especialista informam que meia hora de atividade física diariamente é a capaz de melhorar sua saúde e aliado com uma alimentação sem exageros pode fazer você emagrecer com saúde e sem sofrimento.
Emagrecer sem remédio

Receitas para emagrecer

Outra dica são as receitinhas com ingredientes que podem te ajudar a emagrecer gerando saciedade, acelerando seu metabolismo entre outros benefícios.

Água de berinjela

Água de berinjela é um excelente auxilar do emagrecimento, uma vez que ela possui poucas calorias, regula o intestino e baixa os níveis de açúcar no sangue. Além disso é rica em vitamina E e melhora a circulação do sangue.

Receita

Para fazer 1 litro de água de berinjela, você vai precisar de:

  • 1 berinjela média ou grande
  • 1 litro de água.

Modo de preparo
Lave a berinjela com bicarbonato de sódio e vinagre de maçã, ou outro da sua preferência e enxague bem. Corte a berinjela ainda com a casca em rodelas de mais ou menos 1,5 cm de largura e coloque numa jarra. Depois coloque a água, misture com cuidado e deixe descansando na geladeira durante a noite toda, para que a água absorva todos os nutrientes da berinjela.
Dicas

  • Se você quiser saborizar e intensificar os benefícios da bebida, esprema dois limões na água antes de levar à geladeira. O Limão tem propriedades que fazem o metabolismo acelerar e por isso também é um ótimo aliado no processo de emagrecimento. É um ingrediente muito utilizado em sucos detox.
  • O gengibre também ajuda a acelerar o metabolismo, estimula o sistema digestivo, além de também causar sensação de saciedade. Então, se você procura um efeito ainda maior e quiser deixar a bebida com mais sabor, acrescente também um pouco de gengibre.

Modo de consumir
Beba meio litro da água de berinjela por dia. Tome um copo da água antes de cada refeição, para inibir o apetite e ajudar a digerir e eliminar a gordura, facilitando a digestão.
Emagrecer sem remédio

Receita de sopa de repolho

Outra dica que tem ganhando muitos adeptos é a dieta do repolho.  A dieta da sopa de repolho deve ser feita durante 7 dias seguidos e você vai precisar de:

  • 1 repolho grande picado
  • 2 cebolas grandes picadas
  • 3 tomates sem pele
  • 2 pimentões verdes picados
  • 4 talos de aipo
  • 6 cenouras cortadas em rodelas
  • 1 litro de caldo natural de carne ou frango

Modo de preparo:
Faça o caldo natural de carne ou frango cozinhando um pedaço de músculo ou de peito de frango com água e sal e sem gordura por 50 minutos. Retire a carne e coe o caldo. Refogue a cebola em um fio de azeite, e se quiser, acrescente um dente de alho, para saborizar. Coloque todos os ingredientes na panela do caldo e cozinhe por cerca de 15 minutos em fogo médio. Desligue o fogo e deixe a panela tampada para que os alimentos fiquem macios.
Caso queira, coloque pimenta e salsa a gosto.
Emagrecer sem remédio

Receita de pudim fit

Você é daquelas que não conseguem ficar sem comer aquele docinho, a dica é recorrer as sobremesas fits. Gosta de Pudim? Veja a receita de um pudim fit delicioso.
Ingredientes:
1 ½  xícara de leite desnatado
1 ½ xícara de leite desnatado em pó
2 ovos inteiros
2 claras
5 colheres de sopa de adoçante
1 colher de sopa de essência de baunilha
8 colheres de sopa de frutose
½ copo de água
Para fazer a calda, você vai precisar de 3 colheres de sopa de adoçante culinário e ½ xícara de água.
Modo de preparo:
Bata os ovos numa batedeira ou no liquidificador e vá acrescentando os outros ingredientes, misturando bem. Leve a fôrma de pudim ao fogo para fazer a calda. Basta deixar o adoçante caramelizar e juntar a água. Despeje a mistura por cima da calda. Cubra a fôrma com papel alumínio e leve ao forno a 180 graus por 1h40, em banho-maria. 10 minutos antes de ficar pronto, retire o papel alumínio para dar uma douradinha.
Emagrecer sem remédio
Gostou das nossas dicas de como emagrecer sem remédio? Deixe seu comentário!

Publicado em Deixe um comentário

Maracugina: Saiba tudo sobre este famoso remédio!

Com certeza você já ouviu aquele ditado que diz que tomar suco de maracujá ajuda a acalmar as pessoas, uma vez que a fruta possui calmantes naturais que ajudam o corpo a relaxar e a diminuir a ansiedade. Porém nem todo mundo gosta de tomar o suco mesmo da fruta, por isso é possível ingerir suplementos com os mesmos benefícios, como é o caso da Maracugina. Ela é um medicamento natural, ou seja, todos os ingredientes de sua composição são produtos naturais, como o maracujá, sua principal função é de acalmar e ajudar na melhora do sono, por isso é muito utilizado por pessoas que têm dificuldade para dormir com barulhos ou que têm insônia.

Onde posso comprar Maracugina?

Se você está interessado em adquirir a sua Maracugina, nós indicamos a drogaria  Araujo.

Maracugina funciona mesmo?

Trata-se de um medicamento fitoterápico, ou seja, não é necessário receita para comprá-lo, porém o seu uso deve ser acompanhado e regulado. A principal vantagem da Maracugina é que ela é um produto natural, sendo assim as chances de causar dependência ou efeitos colaterais são pequenas e além disso os efeitos dela no corpo são quase que imediatos e nos primeiros dias já é possível ver os resultados.

Os principais componentes da Maracugina são a Cataegus, Mulungu e a Passiflora, e juntos contribuem para o tratamento da ansiedade, nervosismo e outros problemas que impedem as pessoas de ficarem calmas e de dormir.

A Maracugina funciona realmente para quem precisa de dormir melhor e ficar menos ansioso, seja por causa do trabalho, rotina corrida ou até mesmo por causa dos efeitos que são causados pela menopausa. A Maracugina possui componentes naturais que auxiliam também a regularizar a pressão arterial e a combater ataques de nervosismo, pois ela funciona como uma espécie de sedativo, porém sem deixar a pessoa incapacitada.

Maracugina ajuda a dormir mesmo?

Quando se fala em insônia a Maracugina é uma das principais indicações, devido a sua eficácia em auxiliar no sono tranquilo e contínuo. E isso acontece, pois ela possui funções calmantes e sedativas, assim ajuda o nosso organismo, em especial o sistema nervoso, a desacelerar, e assim ele consegue se concentrar melhor no sono.

Pessoas que sofrem de insônia recorrem muito a esse medicamento, pois ela ajuda a manter o sono estável evitando que a insônia consiga manifestar todos os seus estágios.

maracugina

O principais estágios da insônia são:

  • Insônia inicial: Quando uma uma pessoa não consegue dormir, e fica horas e horas acordada, inclusive passando noites virada sem conseguir dormir, mesmo estando cansada.
  • Insônia de manutenção: quando uma pessoa acorda várias vezes durante a noite volta a dormir, quebrando assim o seu sono e se sentindo cansado durante o dia.
  • Insônia terminal: Quando uma pessoa acorda muito antes do horário necessário e mesmo assim não consegue mais dormir.

Quando uma pessoa não consegue dormir direito e não tem um sono tranquilo ela acorda se sentindo cansada e não consegue desempenhar suas funções de maneira correta. E isso a longo prazo pode causar grandes danos como perda de memória, dificuldade de concentração, mau humor, ansiedade e depressão. Por isso é necessário ter uma boa noite de sono, e a Maracugina pode auxiliar.

Contra indicações Maracugina

Apesar de ser feito com produtos naturais a Maracugina possui algumas contra indicações, pois o seu efeito sedativo pode prejudicar, por isso grávidas, pessoas que têm hipersensibilidade ou alergia aos componentes do medicamento, quem utiliza outros tipos de calmantes ou anti depressivos, não deve utilizar a Maracugina sem a liberação de um médico. Além disso, esse produto não é recomendada para os menores de doze anos.

Como tomar a Maracugina?

A Maracugina é comercializada líquida ou em comprimidos revestidos, em qualquer uma das opções é sempre recomendado que ela seja tomada apenas a noite, pois o medicamento pode causar um pouco de sonolência durante o dia, e uma das suas principais funções é de justamente auxiliar na melhora do sono. Além disso, pessoas que vão dirigir não devem consumir esse medicamento até 8 horas antes, para evitar que aconteça de dormir no volante.

Os comprimidos devem ser tomados acompanhados de água, nunca com bebidas alcoólicas pois podem causar efeitos adversos no organismo e também a queda de pressão.

Após tomar a Maracugina se você sentir algum incômodo procure um médico para que ele avalie se você pode continuar com o tratamento.

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente nos comentários!

Publicado em Deixe um comentário

Homeopatia: O que é? Como é? Funciona mesmo?

homeopatia

Uma medicina que está cada vez mais ganhando espaço na vida moderna. Saiba aqui tudo sobre ela e seus benefícios!

A homeopatia tem ganhado cada vez mais adeptos devido ao seu poder de cura através de remédios naturais que não causam tantos efeitos colaterais ao seu organismo quanto os remédios tradicionais, além de trazer equilíbrio ao seu corpo. Vamos explicar aqui a origem dessa medicina e se seu poder é curativo mesmo. Tire aqui todas as suas dúvidas!

O que é a homeopatia? Como surgiu?

A homeopatia é uma medicina alternativa que trata não apenas a doença isolada, mas sim todo o equilíbrio do organismo através de doses mínimas que não intoxiquem o organismo e estimule uma reação orgânica do próprio organismo contra a doença instalada. Ou seja, o tratamento com homeopatia ele estimula em doses mínimas para que o seu organismo dê conta sozinho de uma “auto cura”.

A homeopatia é conduzida por quatro diretrizes e princípios: doses infinitesimais, lei dos semelhantes, medicamento único e experimentação na pessoa sadia.

A palavra homeopatia vem do grego homoispathos, porque homóis = semelhante e pathos = doença, sofrimento.

A homeopatia surgiu em 1796 através de estudos e experiências do médico alemão Dr. Samuel Hahnemann, que estudava a Lei dos Semelhantes, essa lei defendia que os semelhantes curam-se pelos próprios semelhantes, isso quer dizer que, um medicamento aplicado em um paciente sadio cause os mesmo sintomas que um paciente está sentindo quando está doente. Ou seja, na homeopatia são receitadas doses mínimas e muito diluídas do mesmo “mal” que está causando sintomas no paciente e acredita-se que desta forma o corpo reage de maneira mais forte contra a doença e se trate “sozinho” buscando o equilíbrio do organismo e assim se torne saudável novamente.

A homeopatia e seu tratamento só foram reconhecidos no Brasil pela AMB (Associação Médica Brasileira) em 1980, mas ela já tinha chegado ao Brasil através dos franceses em 1840, mas ainda não era legalizada e instituída. Em 1981 foi reconhecida pelo CFM (Conselho Federal de Medicina) e apenas em 1996 pelo Conselho de Medicina Veterinária, onde atualmente, a homeopatia é prescrita largamente aos animais como forma de terapia.

homeopatia-funciona

Como faço para me tornar um homeopata?

Aqui no Brasil pra você ter o título de especialista em homeopatia e poder prescrever os medicamentos você deve ter graduação em medicina, medicina veterinária, odontologia ou farmácia e logo após a graduação fazer a sua especialização na área.

Como são os medicamentos da homeopatia? Funcionam mesmo?

Os medicamentos para tratamento homeopático são todos naturais extraídos da natureza, substâncias vegetais, animais e minerais, onde todas elas já possuem um estudo prévio com resultados de solução curativa para certos sintomas e todos já previamente experimentados em pessoas sadias, porque a homeopatia trata pela semelhança, o que causa a doença também tem o poder de curá-la.

Todos os medicamentos homeopáticos passam por processos de grande diluição.

Estudantes de todo o mundo garantem que a homeopatia funciona e muito, mas o tratamento tem que ser à longo prazo e com disciplina.

Experimente um tratamento homeopático medicinal, você não vai se arrepender!

Para dúvidas e sugestões nos deixem comentários. Até a próxima!

Publicado em 3 comentários

Remédios para emagrecer: Saiba quais são os principais!

Remédios para emagrecer

Na busca por emagrecer muitas pessoas recorrem a todas as opções que podem, seja dietas, exercícios físicos, cirurgias ou remédios. Porém existem muitas dúvidas sobre o uso de remédios, conhecidos como inibidores de apetite, no processo de emagrecimento.

Qualquer remédio para emagrecer deve ser prescrito por um endocrinologista e utilizado aliado a uma dieta balanceada, não adianta tomar remédios para emagrecer e ter uma alimentação desregrada, pois os medicamentos podem auxiliar na perda de peso, mas não fazem milagres. Os médicos são optam por receitar remédios para emagrecer quando  mudanças na alimentação e prática de exercícios não estão resolvendo, então eles inserir a medicação como forma de ter mais um auxilio no tratamento.  Geralmente isso ocorre quando o índice de massa corporal (IMC) continua superior a 29,9, mesmo após o tratamento com reeducação alimentar, então é indicado o uso de remédios para ajudar no processo de emagrecimento.

Se você tem interesse em saber mais sobre o assunto, continue lendo esse artigo! Vamos falar sobre os remédios para emagrecer a seguir!

Remédios para emagrecer são todos iguais?

Apesar de buscarem o mesmo o resultado, o emagrecimento, os remédios para emagrecer estão divididos em três grupos principais:

Anorexígenos

Inibem o apetite, e tem em sua composição de substâncias conhecidas como anfetaminas. São exemplos deles a anfepramona, o femproporex e o manzidol essa classe é utilizada apenas quando as outras duas não obtiveram sucesso, já que ela apresenta mais riscos de efeitos colaterais.

Sacietógenos

Reúnem os medicamentos que agem no estímulo da sensação de saciedade, ou seja, o indivíduo sente fome, mas com uma porção menor de alimentos fica satisfeito, parando de comer mais cedo. A sibutramina é a mais conhecida do grupo, e que pode ter ação secundária para o emagrecimento: o aumento do gasto energético.

Inibidores de absorção de gordura

É representado apenas pelo Orlistat e o Cetilistate. Não restringe o apetite, pois não atuam no cérebro ou no sistema nervoso. Eles atuam na inibição da absorção intestinal de cerca de 30% da gordura ingerida. Com um bom controle de ingestão de gorduras, podem representar uma ajuda significativa, mas, ao comer demais, a tendência é não perder peso, porque os 30% de gorduras que deixam de ser absorvidas podem não ser uma deficiência calórica suficiente para a perda de peso.

Existem efeitos colaterais? Quais são eles?

Primeiramente os remédios para emagrecer sempre devem ser prescritos por médicos que irão acompanhar todo o processo de emagrecimento do paciente. Remédios para emagrecer nunca devem ser tomados por conta própria, pois cada tipo de remédio tem um efeito colateral específico. Saiba quais são esses efeitos de acordo com o grupo em que o medicamento para emagrecer está inserido.

Anorexígenos: Podem causar irritabilidade, insônia ou sono superficial, tremores, depressão ou se alternam períodos de estímulo com períodos de depressão, aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca. Todos os efeitos estão ligados ao sistema nervoso e cardiovascular, áreas onde os anorexígenos têm efeito.

Sacietógenos: Aumentam a sensação de saciedade,  insônia ou sono superficial, agitação, irritabilidade .

Os inibidores da absorção de gorduras: Apresentam efeitos colaterais quando a ingestão de gorduras for exagerada. Provoca diarreia com fezes pastosas ou líquidas, podendo até eliminar gotas de gorduras depois de refeições mais pesadas.

Principais remédios para emagrecer

Mas, depois dessa explicação mais técnica, você deve estar se perguntando quais são esses remédios para emagrecer que são encontrados nas farmácias. Veja os principais a seguir:

  • Sibutramina
  • Orlistat
  • Saxenda
  • Femproporex

Remédios naturais para emagrecer

Além dos tradicionais remédios vendidos nas farmácias, os remédios naturais para emagrecer também ganham muitos consumidores e consumidoras já que são uma alternativa mais saudável e com menos efeitos colaterais. Além disso, a maioria deles não possui contra indicações, o que aumenta ainda mais o seu número de usuários.

Dentre os remédios naturais para emagrecer, existe alguns deles que merecem a nossa atenção e que valem a pena citar neste artigo. Vamos falar de cada um deles a seguir:

Chás para emagrecer

Outro artifício natural que as mulheres estão recorrendo com frequência em busca do emagrecimento são os chás. Acontece que os chás emagrecedores já estão presentes na vida das mulheres, e sem dúvidas você já conhece alguém que use aquela receitinha da vovó para perder peso. Dentre os principais chás para emagrecer e os mais populares nos dias de hoje, podemos citar o chá de hibisco, que funciona como diurético. Além disso, existe o chá verde, que também ajuda a eliminar a retenção de líquidos.

Coaching de Emagrecimento

Uma terceira alternativa de emagrecimento natural que surgiu nos últimos anos e que tem se tornado tendência são os coaching de emagrecimento. Para mais informações mande um email para contato@larissascharf.com.br

Esperamos que você tenha gostado do artigo de hoje. Se você já usou qualquer um desses remédios para emagrecer, conte pra gente nos comentários como foi a sua experiência e se você realmente conseguiu perder peso! Até a próxima!