Cavalinha: Conheça AQUI TODOS os benefícios dessa planta!

Cavalinha

Já ouviu falar de cavalinha? Sabe o que é isso? Se tem algum benefício para o corpo humano ou é apenas mais um mito na indústria da saúde e do bem-estar? Pois bem, se você conhece um pouco ou não sabe nada sobre a cavalinha, a hora de descobrir chegou!
Neste texto, você vai ler uma variedade de informações a respeito da cavalinha, seus benefícios e como ela deve ser ingerida. Veja tudo isso nos próximos tópicos e fique atento a todos os conhecimentos que vão ser transmitidos a partir de agora!

Avalie nosso artigo !
⭐⭐⭐⭐⭐

User Rating: Be the first one !

O que é a cavalinha?

A cavalinha não tem nada a ver com os equinos, ela é um vegetal, uma planta, com o nome científico de Equisetum. Também são conhecidas como rabo-de-cavalo.
Essa planta é um estilo de bambu que vem sendo muito utilizada em tratamentos naturais para diversos tipos de enfermidades e melhoras no bem-estar e na autoestima de pessoas de diversas partes do país. A cavalinha também pode ser usada para prevenir uma série de doenças.
O bom da cavalinha é que ela está presente em praticamente todos os continentes. Ela só não é encontrada, ainda, em parte da Oceania e na Antártida por motivos óbvios. A planta existe a mais de 300 milhões de anos no planeta, um dos vegetais mais antigos que ainda sobrevivem na Terra.

Para que serve?

Apesar de muito antiga, as propriedades e benefícios da cavalinha são alvos de estudos até os dias atuais. A cada nova pesquisa se descobre mais uma vantagem que o chá dessa planta pode trazer para o organismo do ser humano.
Entre os principais benefícios são os relacionados ao emagrecimento e melhora da condição física e da saúde com base na eliminação de gorduras e carboidratos. A cavalinha atua na aceleração do metabolismo, no combate à retenção de líquido e, consequentemente, no inchaço dos órgãos e do corpo em si.
Além disso, ela também tem propriedades relacionadas ao fortalecimento da pele, de unhas, pelos e cabelos. Tudo isso a partir da sua composição anti-inflamatória e antioxidante. A cavalinha também é ótima para doenças respiratórias, como a bronquite, asma e amigdalite, e também pode ajudar em casos de osteoporose e perdas de memória.
Todos esses benefícios já foram provados pela ciência, porém existem outros vários que ainda estão em fase de estudo. Ou seja, a cavalinha é um dos vegetais que mais ajudam no desenvolvimento sadio do corpo humano.

LEIA >>>  Polifenóis: O que são? Para que servem? Como consumir? [DESCUBRA AQUI!]

Como fazer chá de cavalinha?

A primeira coisa que você deve fazer é encontrar o chá de cavalinha para vender. O ideal é buscar nos artesanais mesmo, pessoas que vendem as folhas, caules e raízes de planta. Pode ser que você encontre apenas no industrializado, mas prefira sempre o que for mais natural.
Com a erva em mãos, você vai ferver 500ml de água, desligar o fogo, colocar o chá de cavalinha no pote com a água, tampar por 5 minutos esse pote e depois coar os pedaços da planta. Você deve beber esse líquido todo durante um dia, o ideal é dividir em porções de 100 ou 200ml a cada vez que for ingerir o chá. Repita isso sempre que quiser e puder, sempre lembrando que o máximo é 500ml por dia.
chá de cavalinha

Tem efeitos colaterais?

Tudo em exagero pode causar efeitos colaterais, com a cavalinha não é diferente. Se você tomá-la corretamente, apenas 500ml por dia, não vai ter tipo algum de efeito colateral. Caso passe desse valor, a superdosagem pode trazer problemas mais simples e até graves.
Por isso, evite o consumo exagerado do chá. Até porque a quantidade de 500ml é mais do que suficiente para você adquirir os benefícios trazidos pela planta.
Entre os efeitos da superdosagem estão a azia, diarreia, hipotensão arterial, taquicardia, coma e até mesmo a morte. Não brinque com isso, tome apenas a quantidade necessária por dia.
Mulheres grávidas e pessoas com problemas de pressão baixa não devem tomar o chá. De qualquer forma, antes de fazer uso do chá, entre em contato com o seu médico e peça a orientação correta.

Como tomar?

Você vai tomar 500ml do chá de cavalinha durante um dia. Não ingira mais do que isso, pois assim você evita o aparecimento de efeitos colaterais.

LEIA >>>  Chás que as grávidas não devem tomar: Saiba quais são eles!

Extrato seco de cavalinha

O extrato é a forma natural de você utilizar a cavalinha para fazer o seu chá. É o mais recomendado e deve ser encontrado em lojas de plantas medicinais.
Se tiver gostado deste texto sobre os benefícios e os cuidados do famoso chá de cavalinha, compartilhe-o com seus amigos nas suas redes sociais!

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :